O que um Coach Executivo pode agregar para você?

A Harvard Business Review publicou um artigo “what can coaches do for you?” escrito pela Diane Coutu e Carol Kauffman com perguntas muito atuais sobre o tema de Coaching Executivo. As evidências apresentadas são baseadas em uma pesquisa feita com 140 top coaches executivos e especialistas na questão. Seguem alguns pontos interessantes que nos ajudam a esclarecer o que é o Coach Executivo e para quem se aplica.

“Se há 10 anos atrás os coaches executivos eram contratados para ajudar a consertar atitudes tóxicas dos altos executivos de uma empresa, hoje os coaches executivos são contratados para desenvolver a performance dos lideres de sucesso de uma organização. O que a pesquisa revelou:

1) Os executivos que tiveram mais resultados positivos são aqueles com desejo de aprender e de se desenvolver. Por isso o coaching executivo não é uma ferramenta ou “prova de recuperação” dos executivos que não estão indo bem e sim um processo para potencializar os resultados positivos do líder de sucesso.

2) Ser criterioso na hora de escolher o coach executivo. Para isso:

  • entreviste mais de um coach,
  • certifique-se que rola “match” entre o coach e a organização.”

Interessante notar que o processo de coaching executivo dura na média de 7 a 12 meses. Pois os comportamentos e hábitos não são rápidos de serem mudados. É preciso praticar com constância e assim chegar ao resultado de transformação desejado e reconhecido pela organização.

O que os especialistas dizem:

Ram Charan sobre o Futuro do Coaching

“Não há dúvida que os futuros líderes irão precisar de coaching constante. […] Enquanto a industria (do coaching) amadurece, empresas de coaching irão precisar demonstrar como elas trazem a mudança, assim como a metodologia ofertada entrega medição de resultados. […] As grandes economias em crescimento, Brasil, China, Índia e Russia…, terão um grande apetite para essa prática, pois a gestão nesses países é jovem.”

P. Anne Scoubar sobre Como Escolher um Bom Coach

“Existem duas regras básicas:

  • certifique-se que o executivo está pronto e com a intenção de fazer o processo de coaching,
  • permita que o executivo escolha o coach.

Algumas dicas:

* veja se o coach tem uma metodologia clara, esse é o primeiro critério que já lhe ajudará a filtrar os profissionais.

*os melhores coaches são claros em sua comunicação sobre o que eles entregam e sobre o que eles não entregam.

*os bons coaches tem conhecimento sobre negócios e possuem business insight.

*peça referências.”

O coaching é uma realidade no desenvolvimento dos profissionais, ajudando-os a acelerar o aprendizado e principalmente a enxergar novas oportunidades focando no futuro e com positividade. Porém coaching não faz milagre, o trabalho duro e o mérito da mudança é do executivo. Com a metodologia correta, a estrada é simples mas não é fácil. O Coach ajuda a montar a barra e o executivo levanta o peso!

Let´s lift some weight!!!

Luciana Carreteiro

Coach Executiva Certificada da Marshall Goldsmith Stakeholder Centered Coaching, franco-brasileira, carreira internacional, 15 anos de experiência como executiva de Marketing em empresas multinacionais de bens de consumo, possui Master em Marketing Management pela EDHEC e MBA em Coaching pela SBC.

Top